Skip to main content

Perda auditiva Infantil

A audição é essencial para o desenvolvimento da comunicação, da fala e do aprendizado. “As crianças com perda auditiva correm o risco de atrasos no desenvolvimento das habilidades de comunicação receptiva e expressiva e muitas vezes apresentam dificuldades de aprendizagem, redução de desempenho escolar e dificuldades de comunicação e socialização com família e colegas”, afirma Monica Gutierrez, fonoaudióloga do Brasil Private Check-Up.
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em média 32 milhões de crianças em todo o mundo são afetadas pela deficiência. Estima-se que até 60% dos casos entre jovens com até 15 anos podem ser prevenidos, sobretudo com ações contrao sarampo, caxumba, meningite, infecções por citomegalovírus e otite média crônica.
A perda auditiva na infância é normalmente identificada durante exames realizados entre 24 e 48 horas após o nascimento e a reabilitação deve ser iniciada imediatamente após o diagnóstico. O fonoaudiólogo avalia a audição da criança e,dependendo do tipo e grau da perda, indica o tratamento ideal.

A exposição contínua à fala, linguagem e outros estímulos é fundamental. “A identificação e a intervenção precoce ajudam as crianças com perda de audição a desenvolver a linguagem e, dessa forma, sofrer menos impacto em seu desenvolvimento”, conclui Gutierrez.